6 alimentos que ajudam na cicatrização da pele

Entre as principais matérias-primas que o organismo usa para regenerar a pele e concluir a cicatrização é a proteína; saiba em quais alimentos obter

Após uma cirurgia, um acidente ou até mesmo uma simples queda, a cicatrização da pele é um assunto delicado e muito importante para a segurança do organismo. Para fabricar um novo tecido no local de uma ferida, o corpo humano depende de nutrientes que agem como matéria-prima para a cicatrização.

De maneira simplificada, a cicatrização é o processo iniciado a partir de uma inflamação no local da lesão, ou seja, é uma reação fisiológica que atrai células de defesa para o local aberto e estimula a formação de novos vasos sanguíneos, de forma a levar nutrientes e oxigênio até a região afetada.

Entre as principais matérias-primas que o organismo usa para regenerar a pele e concluir a cicatrização é a proteína, por isso, alimentos e soluções proteicas, como a Prolina, são muito recomendados por profissionais da saúde, pois favorecem a fabricação de colágeno capaz de unir tecidos e agilizar o processo. Confira mais alimentos capazes de contribuir para uma cicatrização mais rápida:

1. Carnes magras

Frango e cortes magros de carne vermelha são ótimas fontes de proteínas que favorecem a cicatrização, pois possuem alto valor biológico, ajudando o organismo na formação de novos tecidos para cobrir a região lesionada. Esses alimentos também são fonte de zinco e capazes de fornecer aminoácidos essenciais para a síntese do colágeno.

2. Nozes e castanhas

Oleaginosas, de forma geral, já fazem muito bem ao organismo humano. Mas para quem deseja melhorar o processo de cicatrização, esses alimentos fornecem gorduras benéficas com propriedades anti inflamatórias. Assim como as carnes magras, nozes e castanhas também são fontes de zinco e contribuem para que o organismo mantenha a produção de colágeno no ritmo ideal para a cicatrização.

3. Sementes

O consumo de sementes também é recomendado para auxílio na cicatrização. As sementes de linhaça e chia, por exemplo, são muito ricas em ômega 3 e ajudam na formação da membrana celular; já as sementes de girassol e abóbora são fontes de vitamina E, um micronutriente poderosíssimo na melhora da qualidade da nova pele.

4. Leguminosas

Legumes do dia a dia, como feijão, lentilha, ervilha e grão-de-bico também são ótimas recomendações para a cicatrização da pele. Isso porque, são ricos em proteínas de alto valor nutricional, além de serem livres de colesterol. É importante lembrar que feijão e lentilha também contam com ferro, um mineral fundamental para o transporte de oxigênio e nutrientes até o local da ferida.

Um ponto de alerta entre as leguminosas é a soja. Por ser rica em isoflavonas, substâncias que agravam a inflamação, seu consumo deve ser evitado.

5. Vegetais de folhas verde-escuras

Saladas e folhas refogadas são ótimas para o organismo. No entanto, são as folhas escuras que ajudam na cicatrização da pele, pois contam com a importante vitamina K, que participa da coagulação sanguínea e evita sangramentos e manchas roxas após cirurgias. Inclusive é indicado o consumo até mesmo antes do procedimento. Vale lembrar que couve, brócolis, agrião, espinafre, rúcula e outros também são vegetais antioxidantes e antiinflamatórios.

6. Frutas cítricas

Por fim, ainda falando em alimentos antioxidantes, as frutas cítricas como laranja, limão, tangerina, acerola, abacaxi, maracujá e kiwi são ótimos combatentes aos danos causados pelos radicais livres, e possuem vitamina C, que contribui para a fabricação do colágeno.

A vitamina C também ajuda na absorção do ferro de alimentos de origem vegetal, auxiliando no perfeito funcionamento das células sanguíneas.

Redação

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal, não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo