Aprovada – Região Metropolitana de Piracicaba é realidade

Foi aprovada nesta quarta-feira (18/08/2021), na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo – Alesp, por unanimidade, a criação da Região Metropolitana de Piracicaba (Lei Complementar 22/2021). Os 24 municípios integrantes são Águas de São Pedro, Analândia, Araras, Capivari, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Corumbataí, Elias Fausto, Ipeúna, Iracemápolis, Leme, Limeira, Mombuca, Piracicaba, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra e São Pedro. A cidade de Laranjal Paulista, que fazia parte do Aglomerado Urbano de Piracicaba, optou por não integrar a Região, para não perder os vínculos na área de saúde com o município de Botucatu.

 Responsável pelo projeto que deu início à criação da Região Metropolitana, o Deputado Roberto Morais vê a aprovação como um sonho realizado. “Desde que eu cheguei na Assembleia trabalhei muito para que Piracicaba se tornasse líder dessa região e deixasse de ser dependente de Campinas. Hoje temos praticamente todos os organismos do Estado na cidade. Quem viu Piracicaba há 22 anos e vê hoje, enxerga o seu desenvolvimento”, destaca o parlamentar.

A partir de agora os municípios integrantes, que somam uma população aproximada de 1,5 milhão de habitantes, podem ser beneficiados através de um planejamento regional focando no desenvolvimento socioeconômico com recursos públicos destinados à região por meio da descentralização, articulação e integração dos órgãos e entidades da administração direta e indireta.

Redação

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal, não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo