Casos de Coronavírus em Capivari apresentam queda, mas os números ainda são alarmantes

Publicidade


O município de Capivari, durante o mês de agosto, começou a apresentar uma queda considerável nos casos positivos de Covid-19, se comparado ao período de número mais elevado, no mês de julho, o qual marcou 513 pessoas infectadas. Em agosto, foram 296 pessoas positivas para o novo vírus, o que representa 57.70% menos contaminados que o mês anterior e a média de 9.54 casos por dia.

Em setembro, até o dia 16, a soma positiva atinge os 151 casos, numa média diária de 9.44. Uma queda, porém não muito significativa, e preocupante, pois já se somam seis óbitos neste período. Até o dia 16 de setembro, são 24 óbitos, dos 1.233 casos confirmados, ou seja, 1,94% de incidência de mortes. Do total dos confirmados, 92,45% já estão recuperados, uma boa notícia mas que ainda não descarta todas as medidas a continuarem sendo tomadas para o fim da pandemia, pelo contrário, só deve servir de incentivo para que todos continuem colaborando.

A faixa etária mais atingida pelo vírus é a dos 21 a 40 anos, que representa 47,77% dos casos. Em seguida, a dos 41 aos 60 anos, com 31,63%. A zona Oeste do município (Morada do Sol, Jardim Elisa, Engenho Velho, Santo Antônio, Jd. Jatobá, Santa Tereza D’Ávilla, São José, Vila Souza, Padovani, Jardim Primavera, Santa Terezinha, São Marcos, Moreto, Porto Alegre, Pão de Açúcar e Santa Rosa), neste momento, é a que registra mais infectados, com 377 pessoas. A zona Leste (Ribeirão, Caraça – CHIS, São João, Jardim do Bosque, Rossi, Santa Rita, Vila Balan, São Luís, São Pedro, Santa Rita de Cássia/ do Trevo, Flamboyant, Pipeiro, Jd. Branyl, Vila Cardoso, Poço Artesiano, Rio Acima, Bonagúrio I, Jardim Tarsila, Chácara Santa Helena e Jardim Imperial) aparece em seguida com 323.

ATENÇÃO
Para que a contaminação pelo Coronavírus continue a baixar, é preciso manter o isolamento social, evitando o convívio com outras pessoas que não morem na mesma casa que você ou não estejam em seu ambiente de trabalho.

E quando necessário estar com outras pessoas, manter o distanciamento de no mínimo 1,5 metro, todos fazendo o uso da máscara de proteção, que deve cobrir corretamente nariz e boca, sem ficar com folgas laterais. Lave sempre as mãos e entre os dedos com água e sabão por pelo menos 20 segundos, e se não for possível, use álcool em gel 70%.

Não leve as mãos aos olhos, não compartilhe alimentos e bebidas, pratos e talheres. Fique atento e nos primeiros sinais, como febre, tosse, coriza, falta de olfato e paladar (cheiro e gosto) e falta de ar, procure atendimento médico, no Centro de Triagem do Coronavírus, ao lado da Santa Casa de Misericórdia de Capivari.

O longo período de pandemia pode trazer o cansaço nos cuidados, mas não podemos perder esta batalha. Mais informações pelo telefone: (19) 3492-8200.
Se puder, fique em casa!

Botão Voltar ao topo