Em véspera de eleição MPE suspende entrega de kits alimentação em ITU

Na cidade de Itu, o prefeito Guilherme Gazolla, programou a entrega de 17 mil kits alimentações para alunos do ensino básico e fundamental, entre os dias 04 e 06 de novembro, a uma semana das eleições.

Nesta terça feira, em uma nota nas redes sociais, acusou advogados de grupos políticos adversários de ter suspendido a entrega dos kits e avisou que os kits, serão entregues na semana após a eleição.

Continua após a Publicidade

Praticamente todos os candidatos da cidade se manifestaram, e foi confirmado que a notificação para suspensão da distribuição partiu do Ministério Publico Eleitoral.

A Lei eleitoral veda este tipo de ato, em vésperas de eleição, podendo ser considerado compra de voto ou abuso de pode políticos, dependendo a interpretação judicial.

O prefeito de Itu, citou o nome de um advogado de Cabreúva que teria feito a denuncia no Ministério Publico. Em contato com o advogado, ele relatou que ainda não tinha sido informado de qualquer decisão do MP e que o procedimento instaurado esta constando como sigiloso. Disse que nasceu e foi criado em Itu, mas não tem vinculo político com ninguém na cidade. Completa dizendo que os kits deveriam ter sido entregue há meses atrás, e não seria justo ter evitado a entrega na época correta, para entregar na véspera de eleição. Finaliza dizendo que o Ministério Publico Federal, havia baixado uma orientação para que todos os membros do Ministério Publico fiscalizasse esse tipo de conduta, pois temia que em decorrência do COVID, prefeitos aproveitassem o período eleitoral para praticar condutas ilegais.

Redação

Sobre o autor : Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal,não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo