Governo volta a permitir corte de energia por falta de pagamento

Publicidade

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) voltou a permitir hoje o corte de energia de clientes com pagamentos atrasados.

O governo havia editado uma resolução para suspender o corte do serviço em março, em razão da pandemia.

A medida foi prorrogada pelo governo uma vez, e teve validade até 31 de julho.

Segundo a Aneel, a distribuidora deve enviar uma nova notificação ao consumidor inadimplente antes de suspender o fornecimento de energia elétrica.

O corte só não é permitido para famílias de baixa renda. No mês passado, a Aneel decidiu prorrogar o benefício para os consumidores enquadrados como “baixa renda” até o fim do ano.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo