Guarda abordou cerca de 700 pessoas durante o final de semana

Neste final de semana, a Guarda Civil de Capivari realizou a Operação Cidade Segura, no intuito de combater aglomerações em locais da cidade, mediante denúncias, como medida para conter os casos de COVID-19. Os dias 28, 29 e 30 acumularam um total de 680 pessoas abordadas e orientadas em sete locais diferentes na cidade.

Continua após a Publicidade

A situação mais tensa foi quando a Operação chegou ao bairro São João para conter uma aglomeração de cerca de 100 pessoas. As equipes da Guarda, Fiscalização de Posturas e da Vigilância Sanitária foram hostilizadas por alguns moradores do local com paus e pedras, resultando em danos às viaturas. Duas pessoas foram conduzidas à Delegacia e uma presa.

O ponto com a maior quantidade de pessoas abordadas pelos agentes foi a Praça Central, onde aproximadamente 360 jovens receberam orientações para deixarem o local. Além disso, incursões feitas no loteamento às margens da Avenida Marlene do Carmo Rossi, Praça Francisco Rossi e Santa Rita do Trevo tiveram cerca de 20, 60 e 40 pessoas abordadas, respectivamente.

Bloqueios em pontos estratégicos da cidade também foram feitos, oferecendo instrução aos motoristas quanto as medidas preventivas necessárias contra a COVID-19. Ao todo, 86 veículos foram abordados. Além disso, foram encerrados jogos de futebol na Fazenda Sobrado e na Área de Lazer da Vila Cardoso, resultando na abordagem de mais de 100 pessoas nos dois locais.

O reforço na fiscalização foi determinado pelo Prefeito de Capivari, Vitão Riccomini (PSL), após aumento no número dos casos de Covid-19 na cidade. “Precisamos que as pessoas tenham consciência e façam a sua parte. Todos devem colaborar, a responsabilidade e da sociedade como um todo”, disse Vitão.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Mauro Júnior, as ações devem continuar nos próximos finais de semana.

Redação

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal, não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative seu Bloqueador de anúncios e ajude nosso site a se manter vivo