Justiça repara erro cometido por seis vereadores e suspende lei em Capivari

A Justiça de Capivari decidiu que é irregular a Lei 5.889/2020 que trata sobre a prática de atividades físicas, e, em decorrência da pandemia, classificava as academias do município de Capivari como serviços essenciais. Os vereadores José Eduardo de Campos Pacheco, Marcos Sabino Fernandes, Nelson de Sousa Soares, Paloma Tatiane da Silva, Ruan Henrique Pellegrini Braggion e Vinícius Scarso, votaram para não revogar a lei “irregular”. Com a decisão da Justiça, agora se confirma que estes vereadores cometeram um erro, e a Lei não tem validade.

Veja a notícia completa : https://www.seujornal.com.br/justica-suspende-eficacia-de-lei-irregular-que-seis-veredores-negaram-revogar/

Redação

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal, não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative seu Bloqueador de anúncios e ajude nosso site a se manter vivo