Mulher em crise de sonambulismo cai de 3º andar

Uma fisioterapeuta, de 27 anos, caiu do 3º andar de um hotel durante uma crise de sonambulismo. O edifício fica localizado no Rio de Janeiro, onde a jovem ficou hospedada com a família. Os médicos que socorreram a jovem informaram que a crise foi provocada porque ela estava acordada há vários plantões. Talyssa Oliveira Taques atua no pronto-socorro de Cuiabá-MT e no Hospital São Mateus, ambos de combate à Covid-19.

Após o acidente, a família tenta a transferir a jovem para o Mato Grosso. Após receber uma folga do trabalho, Talyssa resolveu passar uns dias com a família, em um hotel localizado em Copacabana-RJ. Logo na primeira noite, a jovem teve uma crise de sonambulismo e caiu do 3° andar do edifício. Ela teria caído da janela do quarto onde estava hospedada.

A mãe de Talyssa contou ao Portal G1 que a família havia saído para jantar com uma amiga. Por volta das 3h, eles chegaram ao hotel e a jovem foi dormir no quarto da colega.

Aproximadamente 4h30 da manhã, a jovem caiu do prédio e os seguranças do hotel foram acionados. A fisioterapeuta foi encontrada caída na entrada do porão do estabelecimento. A mãe da jovem relatou ainda que Talyssa pensava que estava indo ao banheiro, quando caiu da janela.

O socorro foi chamado em seguida e Talyssa ficou internada no Hospital Israelita Albert Sabin, em Copacabana. Mas mesmo tendo plano de saúde, o convênio não cobriu todos os procedimentos a que a jovem foi submetida.

Uma vaquinha foi criada pela família para cobrir os gastos, que já chegam a R$ 20 mil. Além disso é necessário mais R$ 89 mil para que Talyssa possa ser transferida. Agora, a família tenta transferir a paciente para o Mato Grosso.

Redação

Sobre o autor : Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal,não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo