Seja bem-vindo
Capivari,13/06/2024

  • A +
  • A -

Número de desaparecidos diminui no Rio Grande do Sul e chega a 53

noticiasaominuto.com.br
Número de desaparecidos diminui no Rio Grande do Sul e chega a 53

FRANCISCO LIMA NETO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O número de desaparecidos em razão das fortes chuvas no Rio Grande do Sul diminuiu e chegou a 53, de acordo com boletim divulgado pela Defesa Civil, às 9h, desta terça-feira (28). Para efeito de comparação, no boletim de 6 de maio, eram 111.



A Defesa Civil do estado pede que as pessoas verifiquem se seus nomes constam na lista de desaparecidos. Se constar, a orientação é procurar a Delegacia de Polícia Civil mais próxima para verificação e regularização dos dados, com a retirada do nome da lista.
As chuvas e inundações que atingiram o estado causaram a morte de mais de 160 pessoas.


No total, 469 municípios foram afetados, 48.789 pessoas continuam desabrigadas e 581.638 foram desalojadas.


Conforme o governo gaúcho, houve o resgate de 77.712 pessoas.
O nível da água no lago Guaíba, em Porto Alegre, segue abaixo dos 4 metros nesta terça-feira (28). Chegou a 3,71 metros às 6h15 no cais Mauá, onde a cota de inundação é de 3 metros.


Segundo o IPH (Instituto de Pesquisas Hidráulicas) da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), a previsão atual indica recessão da cheia, com níveis ainda elevados, mas em declínio lento nos próximos dias.
Oscilações podem ocorrer devido a entrada de ventos, elevando os níveis do Guaíba temporariamente durante o processo de descida.


Na madrugada desta terça foi aberto para o trânsito o terceiro corredor humanitário em Porto Alegre. A pista é um acesso alternativo à saída da capital. O trecho, de 300 metros, fica na avenida Assis Brasil, entre a Fiergs e a Freeway, no bairro Sarandi, zona norte da cidade.


A abertura do corredor permite que caminhões que saem da zona norte possam usar a avenida Assis Brasil para deixar a cidade, sem a necessidade de deslocamento até o centro para seguir para o litoral e outros estados.


Por causa da nova ameaça de chuva, as aulas foram suspensas no município, tanto na rede pública quanto na privada, na segunda e terça -as escolas já haviam sido fechadas na quinta passada e o período de suspensão foi ampliado.


SITUAÇÃO NO RS APÓS CHUVAS
169 mortes
53 desaparecidos
806 feridos
48.789 desabrigados (quem teve a casa destruída e precisa de abrigo do poder público)
581.638 desalojados (quem teve que deixar sua casa, temporária ou definitivamente, e não precisa necessariamente de um abrigo público -pode ter ido para casa de parentes, por exemplo)




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.