Portugal decide restringir o uso da vacina AstraZeneca

De acordo com determinação, a vanina AstraZeneca passará a ser administrada apenas em pessoas com mais de 60 anos

(Crédito: Dado Ruvic/Reuters)

Como poucos países no mundo, Portugal tem visto o número de infectados pelo novo coronavírus cair entre a população. Após quase dois meses de lockdown e restrições rígidas, a média de sete dias de novas infecções por cem mil habitantes caiu para menos de 100, e já está abaixo de 30.

Continua após a Publicidade

Juntamente com a medida de lockdown, o país tem ampliado seu plano de vacinação. Hoje, mais de 15% da população já recebeu a primeira dose da vacina contra o coronavírus. No entanto, uma nova medida foi anunciada neste mês de abril: a vanina AstraZeneca passará a ser administrada apenas em pessoas com mais de 60 anos.

De acordo com o Centro Europeu para Prevenção e Controle de Doenças (ECDC), já foram administradas 389 mil doses da AstraZeneca no país. Mas, segundo a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, não há qualquer motivo para preocupações e pediu que a população se mantenha tranquila, pois “reações adversas são extremamente raras”.

Além do imunizante AstraZeneca, Portugal também vacina sua população com a Pfizer e a Moderna, e receberá em breve as primeiras doses da vacina Johnson&Johnson.

Por que mudar a administração da vacina?

A decisão do país foi tomada após a Agência de Medicina Europeia (EMA) declarar que acidentes vasculares raros registrados em pessoas que tomaram a AstraZeneca podem ter relação com o imunizante. A agência não foi capaz de encontrar fatores de risco específicos vinculados à vacina, mas a maioria dos casos aconteceu com pessoas abaixo dos 60 anos de idade.

Ainda assim, o órgão recomenda que a vacina continue a ser usada. “A EMA considera que os benefícios da vacina AstraZeneca na prevenção de Covid-19, com seu risco associado de hospitalização e morte, superam os riscos de efeitos colaterais”, esclareceu a Agência.

Portugal se destaca no mundo

Apesar das mudanças em relação ao laboratório da vacina, as notícias são boas para os portugueses. O país está em 32º no ranking dos países com a maior taxa de doses administradas por 100 habitantes do mundo. Até ao momento, já foram administradas 2.796.929 doses da vacina contra a Covid-19 em Portugal.

Se olharmos para os últimos dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde, pela Secretaria Regional da Saúde e Desporto dos Açores e pela Secretaria Regional da Saúde e Protecção Civil da Madeira, 6,99% dos portugueses já estão completamente vacinados contra a Covid-19.

Além disso, outros números também destacam Portugal no mundo. Diante das medidas de lockdown e diante das mudanças na lei que favorecem estrangeiros com descendência portuguesa, Portugal se destaca entre os países europeus como ideal de qualidade de vida. Estudos recentes da plataforma Apto revelam que, juntamente com os EUA, o país cresceu 40% na procura por imóveis durante a pandemia, especialmente entre os brasileiros.

Redação

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal, não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative seu Bloqueador de anúncios e ajude nosso site a se manter vivo