Rafard amplia cemitério após receber terreno em doação

Publicidade

Na última semana, a Prefeitura de Rafard comemorou a assinatura do termo de doação de uma área de terra da empresa Radar Propriedades Agrícolas para o município. A um bom tempo a cidade sofre com a falta de espaço para a comercialização de novos terrenos no cemitério municipal São Judas Tadeu. A preocupação ficou ainda maior com o enfrentamento à pandemia de Coronavírus que atinge o país.

Segundo o governo municipal, a área doada é de 17.124 metros quadrados e fica ao lado do cemitério. “A previsão para começar as obras de ampliação é ainda este ano. A prefeitura irá iniciar um processo licitatório para a realização das obras”, conta o prefeito de Rafard, Carlos Roberto Bueno.

Atualmente, não há terrenos disponíveis para compra no cemitério municipal, localizado na avenida São Bernardo. Com o novo espaço, a capacidade será aumentada para mais 1.500 terrenos. A primeira obra realizada pela prefeitura será a construção do muro que cercará o local.

De acordo com o chefe do Executivo, a conquista se deu após diversas conversas e cobranças junto à empresa Radar. Todo processo, segundo a prefeitura, contou com a participação do diretor de Habitação, Emerson Ferreira, e dos vereadores Angela Barboza, Alexandre Fontolan e Wagner Bragalda.

Comercialização

O governo municipal alertou que só irá comercializar os espaços depois que toda estrutura for preparada, como a divisão dos lotes, quadras e ruas. O valor dos terrenos, também deverá variar dependendo do tamanho, e será vendido seguindo a tabela de preços do Código Tributário Municipal 247/15, que é reajustado anualmente.
Hoje, são três opções de venda de terreno/carneira.

Publicidade

Quando disponível, um terreno de 1,40m x 3m era comercializado à R$ 335,40. Outra opção, de 3m x 3m, poderia ser adquirida por R$ 718,75. Por último, o terreno de 3m x 4m, pelo valor de R$ 958,35.

A tabela de valores vigentes para 2020 também informa o custo da taxa de sepultamento, que é de R$ 91,25. Já a taxa de uma carneira de emergência é de R$ 288,59.

Informações de Jornal O Semanário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo