Santa Bárbara confirma primeiro caso de chikungunya na região

O município de Santa Bárbara d’Oeste confirmou o primeiro caso positivo de chikungunya neste ano na RPT (Região do Polo Têxtil). O paciente é um homem de 44 anos, que já está recuperado. No ano passado, a cidade registrou dois casos da doença.

A chikungunya é uma doença viral transmitida pelo mesmo mosquito vetor da dengue, o Aedes aegypti. Uma vez que uma pessoa é picada por um mosquito infectado, os sintomas da doença podem levar de quatro a sete dias para se manifestarem.

O sintoma mais característico da chikungunya é a dor intensa nas articulações, que pode persistir por meses e até anos após a recuperação da doença.

Na região, a Secretaria de Saúde de Americana informou que existem dois casos suspeitos de chikungunya aguardando resultado de exame. Em Hortolândia, a Saúde notificou sete casos, que estão sob investigação.

Até o momento, Nova Odessa não registrou nenhum caso da doença, e a Prefeitura de Sumaré não se pronunciou sobre o assunto.

O Liberal

Redação

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal, não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo