Veja como será o plano de vacinação da Covid-19 em Capivari

A Prefeitura de Capivari divulgou o Plano de Imunização Contra a Covid-19, durante uma live realizada na noite desta quarta-feira, dia 13, transmitida via Youtube. Participaram do encontro o Prefeito de Capivari, Vitão Riccomini (PSL), o Vice-prefeito de Capivari, Bruno Barnabé (PSDB), a secretária da Saúde, Vladia Guimarães, o secretário de Educação, Rafael Silveira dos Santos e o coordenador do Comitê de Contingenciamento e Combate ao Novo Coronavírus, Doutor Antônio Carlos Munhos – que foi anunciado também como coordenador da Santa Casa de Capivari.

A previsão do município é vacinar em torno 1.300 profissionais da saúde e cerca de 5.500 idosos com mais de 60 anos nessa primeira etapa. O planejamento indica que nos dias 25 e 26 de janeiro deverão ser vacinados os funcionários da Santa Casa. Nos dias 27 e 28 é a vez dos profissionais do Hospital da Unimed. Entre os dias 29/01 e 07/02, serão vacinados os funcionários que atuam na saúde do município e trabalhadores da saúde na iniciativa privada, mediante comprovação funcional.

Hoje Capivari conta com 20 mil agulhas e seringas disponíveis para a vacinação contra a Covid-19. Entretanto, o Departamento Regional de Saúde de Piracicaba já informou que vai abastecer os estoques da cidade de acordo com a demanda. A cidade também conta com duas câmaras frias para armazenar as doses e está providenciando a compra de mais três câmaras e um gerador caso haja queda de energia.

Para evitar incidentes, a Guarda Civil de Capivari fará a segurança nos locais de vacinação, que serão divulgados em breve.

Vacinação da população em geral

A vacinação para o público em geral começa no dia 08/02 e segue até o dia 14/02, quando idosos com 75 anos ou mais receberão a primeira dose. Entre 15 e 21 de fevereiro é a vez de pessoas com idade entre 70 e 74 anos. De 22 a 28 de fevereiro, será realizada a vacinação de pessoas entre 65 e 69 anos. Do dia 01/03 a 08/03 é a vez do grupo de pessoas entre 60 e 64 anos receberem o imunizante. Essas diretrizes seguem o Plano Estadual de Vacinação.

Doutor Munhos reforça que a situação no município precisa de atenção e que as pessoas não podem se descuidar. “É preciso usar máscara e fazer a prevenção, manter o distanciamento e demais medidas que de contingência do vírus”, disse o médico durante a transmissão. Já o Prefeito Vitão pediu a colaboração da população. “Torcemos para que o mundo saia logo dessa situação, mas enquanto isso não acontece, pedimos a colaboração de todos para controlar o número de casos”, reforçou.

Redação

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal, não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo